Curso de fotografia

A fotografia está presente em todos os momentos de nossa vida. Com as novas tecnologias,  carregamos uma câmera em nosso bolso. Os modelos mais simples de câmera são vendidos a preços acessíveis e até os modelos profissionais estão a disposição de quem quer adquirir. Mas, de nada adianta ter acesso a tecnologia, se não sabemos como aproveitar todos os recursos que elas oferecem. Nessa oficina, serão ensinados os primeiros passos necessários para quem quer fotografar melhor, conhecer sua câmera e aproveitar seus recursos. É uma introdução ao estudo da fotografia com os conceitos básicos necessários para aprimorar a técnica fotográfica.


Conteúdo Programático:

  • Modelos de câmera, lentes, conhecendo melhor a câmera e suas funções;
  • Conceitos principais e técnicas fotográficas (fotometria, abertura de diafragma,velocidade de obturador, iso, balanço de branco)
  • Foco, pontos focais
  • Composição de imagem e enquadramento

Informações importantes

O Curso é composto por 5 aulas com 2h30 de duração. Sendo uma carga horária total de 12h30

As aulas são divididas entre conteúdos teóricos e exercícios práticos.

Nosso foco é o desenvolvimento do aluno, por isso temos apenas 6 vagas por turma.

Você pode usar qualquer modelo de câmera (não é necessário ter um modelo específico)

Avaliamos aula a aula o material produzido nos exercícios.

Investimento

Á vista: R$ 350,00

Parcelado:

Cartões de crédito em até 5 parcelas: Valor total R$ 400,00

Boleto em até 2 parcelas. Valor total R$ 370,00

Como se inscrever?

  • Em nosso endereço: Rua Doutor Bley Zornig, 2615 – boqueirão. Atendemos de segunda a sexta das 14h ás 21h30 e sábados das 9h30 ás 12h
  • Preencha o formulário abaixo para tirar dúvidas e/ou reservar vaga:

Mangá

Os mangás são as histórias em quadrinhos de origem japonesa caracterizadas por serem lidas ao contrário do padrão ocidental, ou seja, da direita para a esquerda. Sua adaptação para a TV são os animes que fazem sucesso entre os jovens.

Conteúdo desenvolvido:

*Figura humana
*Perspectiva
*Composição
*Sombra e volume
*Técnicas de pintura
*HIstória em quadrinhos

 

Professora: Luana Bueno Cyríaco

Profissional da área de Quadrinhos e ilustração, com mais de
dez anos de experiência de trabalho. 
Professora de desenho e quadrinho desde 2010.

Para maiores informações, sugestões ou agendar aula experimental, preencha o formulário abaixo:

 

*Conforme demanda abriremos novas turmas. Há possibilidade de alteração nos horários de aula, procure agendar aula experimental.

Parkour

disintegration-1819860_1920

Parkour

O que é?

É a arte do deslocamento. É uma modalidade de treino, que visa transpor obstáculos de forma fluída, eficiente e expressiva – por meio de corrida, saltos, escalada, rolamento, equilíbrio e acrobacias.

Origem?

O parkour começou no sul da França, na década de 80, mas esse nome veio bem depois. Primeiro ele foi uma brincadeira de jovens do subúrbio de Paris, dos quais podemos destacar David Belle. Esse grupo de amigos, inspirados pelo pai de David Belle (bombeiro, fisiculturista e ex-combatente da guerra do Vietnã) criaram a sua adaptação do método natural de Georges Hébert, com exercícios que envolviam a transposição de obstáculos, corridas, nado, escaladas, saltos, natação, artes marciais, carregar pesos, rastejar, etc. E também experiências que levavam a superação de limites individuais e construção da confiança e unidade do grupo. Nesse ponto, ainda, essas pessoas não “faziam parkour” eles “brincavam de parcours” e esse nome veio naturalmente, pois cada um fazia seu próprio percurso (parcours em francês) mas, antes dele, houveram alguns outros, tais quais: La releve (A próxima geração, em francês), Art du déplacement (Arte do deslocamento, em francês), Free Running (corrida livre), Yamakasi (pessoa forte, na língua Lingala). Com o tempo, os praticantes resolveram mostrar ao mundo o que tinham criado e conseguiram grande popularidade por meio de filmes, comerciais, anúncios, clipes musicais e vídeos no YouTube – dos quais destacam-se em importância para a prática o filme B13 – Décimo Terceiro Distrito, com David Belle, e o documentário Jump Londom, com Sébastien Foucan.

Não é Parkour…

  • … Arriscar-se por adrenalina, exibicionismo, competição, fama, etc. Em resumo: Parkour não é “radical”!!! Parkour é autoconhecimento, físico e psicológico. A superação dos limites vem dos ganhos físicos e de experiência.
  • … Seguir normas rígidas de conduta, liderança, nomenclatura, etc. Mesmo que hajam grupos, jargões e tendências, o Parkour é livre e assim é o seu praticante

É Parkour:

  • Ser forte, para ser útil, um dos maiores valores do parkour (se não O maior). Implica em buscar a força, com propósito e também usar sua força nos demais desafios da sua vida, fora do parkour.
  • Ser e durar, é exatamente o que difere o parkour dos chamados esportes radicais. A afirmação de que você deve ser forte, ser ágil, ser flexível, ser habilidoso, etc. e continuar sendo! Não se lesionar por desatenção, imprudência ou imperícia.

As Aulas no Espaço Cultural Ortiz?

As aulas são sempre de natureza prática, englobando técnica, progressão e fortalecimento, com o objetivo de capacitar o aluno a vivenciar o parkour, por meio de aquisição, repetição e uso dos movimentos em percursos.

Faça sua matrícula!

Faixa etária: jovens, adultos, crianças a partir dos 7 anos.

Horários de aula de parkour:

Terças e quintas: 10h |16h | 18h30 | 19h30 | 20h30

Sábados: 10h

Arte Marcial – Karatê Shubu-dô

“Ser um karateca é adotar a não-violência, Respeitar as pessoas, Ser humilde, Ser disciplinado, Aprender a autodefesa, Melhorar a saúde, Ter autocontrole, Se aperfeiçoar a cada instante, Estar em harmonia com o universo” (Autor: Funakoshi)

A prática regular de arte marcial proporciona mais do que o conhecimento técnico de defesa pessoal. O karateca segue com disciplina uma filosofia que tem como base o respeito. Com ajuda dos professores e colegas é incentivado a se esforçar e com muita concentração e determinação supera cada obstaculo. Desenvolve no treinamento sua coordenação motora, condicionamento físico e autocontrole. Aliando a uma alimentação saudável poderá emagrecer e ganhar tônus muscular. Com os movimentos feitos com força e velocidade trabalham o corpo de forma que ajudam a aliviar o estresse do dia a dia. Além disso, temos resultado também com o desenvolvimento da autoestima, socialização e outras habilidades proporcionando qualidade de vida.

Idade mínima:

*A partir dos 7 anos, incluindo adultos(sem limite máximo de idade), pois trabalhamos muito com família e treinam pais, mães, filhos, irmãos, etc.

Dias e horários: segunda, quarta e sexta: 16h, 19h e 20h 

Horário de treino livre dentro das opções oferecidas.

Uma pequena demonstração dos movimentos que são trabalhados com o aluno faixa branca (iniciante)

Reportagem sobre karatê Shubu-dô
http://pr.ricmais.com.br/bg-curitiba/videos/esporte-geral%3A-karate-e-usado-como-meio-de-integracao/

Desenho

Desenho é basicamente uma composição bidimensional (algo que tem duas dimensões) constituída por linhas, pontos e formas. É uma forma de manifestação da arte. O desenho envolve uma atitude do desenhista em relação à realidade: o desenhista pode desejar imitar a sua realidade sensível, transformá-la ou criar uma nova realidade com as características próprias de criações da sua imaginação.
Há desenhos simples onde se emprega pouca técnica e outros mais sofisticados. O desenho é utilizado nos mais diversos segmentos profissionais, tornando a arte diversificada a diferentes contextos.
Aqui no Espaço Cultural Ortiz o que se trabalha é o desenho criativo: O aluno irá soltar sua imaginação desenhando o que mais gosta enquanto aprende técnicas como:

  • Texturas e volume
  • Luz e sombra
  • Perspectiva
  • Figura humana
  • Composição, etc.

Dias e horários: Quartas-feiras ás 15h | 18h30 e sábados ás 10h30

*Apenas 6 vagas por turma, garanta a sua.

Clique nos links abaixo para falar conosco:

Tenho dúvidas!

Agendar aula experimental

Gostaria de participar, mas…. (mande sua sugestão)